A importância da preservação ambiental
30 de junho de 2020
Os 3Rs da Sustentabilidade
25 de julho de 2020

Panorama atual da publicidade no Brasil envolvendo Mulheres

A lista com as 20 Mulheres Mais Poderosas do Brasil de 2020 - da conceituada Revista Forbes - prova a importância para a equidade de gênero no mercado de trabalho com maior sucesso.


As companhias que acreditam no potencial feminino têm praticado a política de incentivo, com ações que atraem e fidelizam as mulheres, apresentam “eficácia inovadora” comprovada cientificamente.

“Diversidade não é mais uma opção para as empresas”, afirma Cristina Kerr, CEO da CKZ Consultoria em Diversidade. “É fator determinante para qualquer modelo de negócio”.

De cada dez líderes em marketing, só uma é mulher.

As políticas de diversidade têm sido uma tendência mundial, segundo o estudo realizado pelo Instituto Peterson de Economia Internacional envolvendo 21.980 empresas de 91 países, mostrou que as empresas que tem até 30% de liderança feminina tiveram um aumento de 15% em suas finanças.

Andréia Roma, empreendedora, se uniu a escritora Tatyane Luncah para produzirem o livro Mulheres do Marketing, obra que reúne 39 depoimentos de mulheres que lideram no marketing de empresas como Johnson & Johnson, Avon, Globosat, Coca-Cola, Disney Brasil, Marisa, Visa, Nestlé e Samsung. No livro, essas mulheres relatam a trajetória profissional até chegarem à posição que conquistaram.

O objetivo é fortalecer e empoderar mulheres, orientando os possíveis caminhos para o sucesso na área de marketing.

“Existem muitas mulheres que fazem faculdade de marketing. Em uma sala de aula 60% são mulheres. No mercado de trabalho, entre supervisoras, analistas e coordenadoras, o número de mulheres chega a 70% em um departamento de uma empresa. Já em cargos de diretoria, são apenas 12% que conseguem alcançar”, diz Tatyane.
 

Por outro lado

O poder de compra das mulheres e a nova situação do mercado apresentam um dado inquestionável: mulheres consomem muito mais que os homens e ainda influenciam na decisão de compra deles.

De acordo com uma pesquisa feita pela agência J. Walter Thompson, em 61% dos lares brasileiros, a mulher é a maior responsável pela decisão de compra. São 30 milhões de mulheres que cuidam de seus lares e seus filhos sozinhas.

Fica claro a importância de empresas e os profissionais de vendas aprender a lidar com estas, cada vez mais, poderosas e exigentes consumidoras.

Com tamanho poder de compra, é perceptível que as mulheres deveriam ser o foco principal de atenção na estratégia de marketing das empresas, tanto em produtos de consumo diário como os de supermercados, quanto os de bens duráveis como vestuários, automóveis e imóveis.
 
Empresas com visão de mercado perceberam o poder feminino nas compras e valorizam opiniões de mulheres em sua produção.

Exemplo da Ford do Brasil que criou dois comitês com o objetivo de discutir os gostos e as tendências de cores e acabamentos internos de seus veículos que mais atraem e agradam mulheres.

Outra gigante do ramo é a Renault que fez parceria com O Boticário lançando o "Clio Sedan O Boticário" com detalhes de acabamentos direcionados a elas.

Outras grandes marcas também optaram por desenvolver produtos para o conquistar o público feminino utilizando estratégias específicas e vem ganhando cada dia mais com essa sacada de mercado.

Mas, é bom cuidado para não correr o risco de uma propaganda aparentar machista ou preconceituosa.

Comportamentos atuais mostram que as mulheres desejam ser representadas, e não rotuladas.
 
 
 

Segundo o estudo “TodXs – uma análise da representatividade na publicidade brasileira”, 65% das mulheres não consideram ser representadas pela publicidade.

Os principais motivos são quando a publicidade reforça estereótipos de mulheres e homens, quando a publicidade reflete comportamentos ofensivos a uns ou a muitos. NÃO É SÓ SOBRE MULHERES, falar de empoderamento feminino não é só falar de mulheres, é falar de todos.

Observando o comportamento das consumidoras, fica claro concluir

“O sucesso em campanhas voltadas para o público feminino tende a acontecer quando procuram compreender as reais necessidades e os desejos das mulheres, entendendo que, mesmo elas não sendo todas iguais, são exigentes e sabem o que querem.”

 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *